Noticias

BANCAS DE QUALIFICAÇÃO DOS TCC´S DE PEDAGOGIA

Iniciam nesta semana as bancas de qualificação do TCC do sétimo período do segundo semestre de 2015.

O ritmo de atividades deste último período do Curso de Pedagogia é intenso. A fase final da elaboração do TCC acontece paralelamente ao desenvolvimento das disciplinas regulares. E a vida pessoal, continua, é claro, solicitando de nossos alunos a dedicação de sempre à família e ao trabalho. Muitas e muitas vezes percebe-se neles o cansaço no semblante e na postura corporal. Aí se faz necessário um estímulo a mais. Um esforço a mais.

Porém, a experiência de quase 10 anos de ISESION nos mostra o quanto é importante, para o futuro do aluno, não desistir neste momento. Ao mesmo tempo em que a família solicita a presença e dedicação do aluno, esta mesma família se beneficiará profundamente, a longo prazo, da educação, conquista de conhecimento, abertura de horizontes que a graduação traz ao aluno. Portanto, cansar, pode. Desistir, nunca! Então, vamos em frente, dizendo sim, ao que a vida acadêmica nos propõe.
A banca de qualificação, além de ser a preparação para a defesa é um momento de olhar o que já foi feito, antes de seguir adiante. Consta de uma conversa sobre o TCC em desenvolvimento entre o aluno, o orientador e um professor avaliador. Busca-se um novo olhar e adequação de rumos. Assim, o trabalho se enriquece. Tem-se como objetivo, melhorar o trabalho, acertar detalhes, alinhar o desenvolvimento com a questão norteadora e objetivo da pesquisa. Num foco mais amplo, pretende-se aguçar o espírito científico do aluno pesquisador, futuro professor pesquisador em seu ambiente de trabalho.

Os temas deste semestre são diversificados e interessantes. Alguns tratam sobre situações especiais de aprendizado como: aprendizagem de crianças em situação de risco, dificuldades que os adultos encontram para voltar a estudar, inclusão de alunos com necessidades especiais, dislexia, drogadição da escola. Outros, são temas gerais pertinentes a Pedagogia como: alfabetização, aprendizagem infantil e o estímulo familiar, um programa para auxiliar o desenvolvimento cognitivo da criança, autonomia discente nas concepções da escola tradicional e escola nova, bullying no transporte escolar, a arte na formação da criança, a arte como estratégia de ensino, neurociência e aprendizagem infantil, gestão democrática e participativa na escola, pedagogia empresarial, a inteligência emocional e a escola, filosofia pedagógica de Santo Agostinho, entre outros.
Por outro lado, a riqueza inerente à pesquisa de campo será sentida pelo aluno pesquisador a partir desta fase com a aplicação dos instrumentos de pesquisas escolhidos. Nela surgem situações inesperadas, acontece o planejado (ou não, sendo mais uma surpresa...). E tudo requer do pesquisador que aflora no aluno, autonomia, espírito cientifico, análise criteriosa dos dados e descobertas propiciadas pela pesquisa. Um trabalho prenhe de construção, de crescimento pessoal, de formação pessoal e coletiva, de comunicação com seus pares, com o ambiente da educação. Assim é a educação, nossa lida diária.

 

mais notícias >>

Alameda Presidente Taunay, 260 - Curitiba/PR Fone: 41 3019-6155